projeto 35

Pedestre Seguro

Eixo Desenvolvimento Urbano E Meio Ambiente

Conjunto de medidas de planejamento e intervenção do sistema viário com o objetivo de estimular a mobilidade a pé na cidade e, concomitantemente, conferir maior segurança ao pedestre, reduzindo a ocorrência de acidentes.

Situação atual

O índice de mortes no trânsito a cada 100 mil habitantes na cidade de São Paulo é de 7,07 ao ano (dados consolidados de 2016), sendo que o índice de mortes apenas de pedestres verificado para esse período foi de 2,84100.000 habitantes.

Resultados esperados

Redução do índice de mortes no trânsito (em especial as decorrentes de atropelamentos) e aumento do uso da mobilidade a pé e apropriação dos espaços públicos pela população.

Orçamento

Recursos próprios Outros recursos
Investimento 0 0
Custeio 0 0

Linhas de ação

35.3
Implementar projetos de redesenho urbano (alterações no viário, sinalização, ajardinamento, instalação de mobiliário urbano) em 10 áreas da cidade que apresentam alta prevalência de pedestres.
35.4
Criar sete rotas de calçadas ou passeios com acessibilidade e desenho universal adequadas para pessoas com deficiência física e sensorial para facilitação do acesso a equipamentos de uso intenso por esse público.
35.5
Realizar avaliação de segurança e promover adequação de geometria e sinalização em geral em oito corredores de transporte público para a melhoria das condições de segurança.
35.6
Desenvolver e implantar projetos de sinalização e operação viária em 50 vias, adequando tempos de travessia e intensificando a atenção e a orientação aos pedestres.
35.1
Definir uma rede de vias para o uso de pedestres, que possibilite um deslocamento seguro, acessível e a plena apropriação dos espaços públicos por todos que se locomovem a pé.
35.2
Criar manuais que definam critérios de implementação e uso para os equipamentos para pedestres.