projeto 56

Descomplica SP

Eixo Desenvolvimento Econômico E Gestão

Implantação de unidades de atendimento presencial com “Padrão Poupatempo” em todas as regionais.

Situação atual

Atualmente, a Prefeitura conta com 32 Praças de Atendimento localizadas em cada Prefeitura Regional. No entanto, não existe um padrão de atendimento único e as filas costumam ser longas. Dos mais de 750 serviços identificados, apenas 212 serviços podem ser solicitados presencialmente nestas localidades. Este projeto consiste na implantação de 33 unidades de atendimento com Padrão Poupatempo, sendo uma unidade móvel e 32 fixas. Os conceitos que fundamentam esta iniciativa são a ideia de cidadão único e governo único e de atendimento presencial integrado ao atendimento remoto (eletrônico e telefônico)

Resultados esperados

Com a conclusão do projeto espera-se melhorar o atendimento presencial da Prefeitura de São Paulo, alcançando um “padrão Poupatempo” de atendimento. Além disso, a iniciativa permitirá uma desburocratização e simplificação do acesso e da prestação de serviços públicos, facilitando a vida do cidadão paulistano. Para além da melhoria no atendimento inicial, o projeto pretende melhorar o tempo de atendimento, de execução e de conclusão na prestação dos serviços.

Orçamento

Recursos próprios Outros recursos
Investimento 0 0
Custeio 0 0

Linhas de ação

56.2
Implantar 1 unidade móvel de atendimento presencial com padrão Poupatempo.
56.5
Realizar programa de formação e capacitação continuada para funcionários de 2.105 postos de trabalho envolvidos.
56.6
Garantir que todo serviço prestado nas unidades de atendimento presencial com padrão Poupatempo conste no Guia de Serviços da Prefeitura e tenha prazos previamente estabelecidos.
56.3
Implantar 32 unidades de atendimento presencial com padrão Poupatempo nas regionais.
56.4
Na Política de Atendimento proposta no Projeto SP156: Canal Rápido e Direto estabelecer um padrão de qualidade Poupatempo para atendimento presencial.
56.1
Lançar um documento com a concepção e planejamento da implantação das unidades de atendimento presencial com “padrão Poupatempo”: a) Identificação e priorização dos serviços disponibilizados b) Adequação do espaço e da infraestrutura física c) Adequação e modernização dos recursos de teleinformática d) Definição do modelo de gestão das unidades de atendimento presencial e do perfil das equipes de gestão e de atendimento e) Concepção do programa de formação e capacitação das equipes (gestão e atendimento).