projeto 47

Controle de Cheias

Eixo Desenvolvimento Urbano E Meio Ambiente

Implantar um conjunto de ações estruturantes e de manutenção para o controle de cheias nas bacias hidrográficas do município de São Paulo.

Situação atual

O desenvolvimento intenso da cidade de São Paulo traduziu-se em uma urbanização extensiva e espraiada do ponto de vista territorial. Esse processo levou a problemas ambientais graves com destaques para: (I) ocupação de áreas de mananciais, ambientalmente frágeis, trazendo uma presença significativa de moradores e atividades em áreas de risco; (II) ocupação dos fundos de vales, especialmente para a implantação de sistema viário e edificações; (III) impermeabilização do solo urbano, provocando aumento da velocidade do escoamento superficial das águas e assoreamento dos rios, dentre outros. Esses desequilíbrios ambientais estruturais provocam um agravamento nas enchentes na cidade, em especial no período das chuvas de verão, afetando diretamente a vida de todos os munícipes, com enormes transtornos e prejuízos ambientais, sociais e econômicos.

Resultados esperados

Redução e controle de áreas inundáveis na cidade, a partir da implantação de intervenções nas principais bacias, bem como da ação contínua de manutenção e limpeza dos sistemas de galerias pluviais, córregos e reservatórios.

Orçamento

Recursos próprios Outros recursos
Investimento 0 0
Custeio 0 0

Linhas de ação

47.1
Elaborar 20 Planos de Bacias para o município, contendo o estudo das bacias hidrográficas e propostas de intervenção para melhoria da drenagem urbana.
47.5
Promover o desassoreamento de 100% dos reservatórios de retenção nas Prefeituras Regionais conforme programação.
47.7
Implantação de intervenções de macrodrenagem na Bacia do Ribeirão Aricanduva.
47.8
Implantação de intervenções de macrodrenagem na Bacia do Riacho do Ipiranga.
47.9
Implantação de intervenções de macrodrenagem na Bacia do Córrego Uberaba.
47.10
Implantação de intervenções de macrodrenagem na Bacia do Córrego do Cordeiro.
47.11
Implantação de intervenções de macrodrenagem na Bacia do Córrego Zavuvus.
47.12
Implantação de intervenções de macrodrenagem na Bacia do Córrego Ponte Baixa.
47.13
Implantação de intervenções de macrodrenagem na Bacia do Ribeirão Perus.
47.14
Implantação de intervenções de macrodrenagem na Bacia do Córrego Tremembé.
47.15
Implantação de intervenções de macrodrenagem na Bacia do Córrego Paciência.
47.18
Implantação das intervenções em parceria com DAEE ou outros agentes.
47.3
Promover a limpeza de 100% dos córregos nas Prefeituras Regionais identificados como prioritários por possuírem impacto na drenagem urbana.
47.4
Promover a desobstrução de 100% das galerias nas Prefeituras Regionais identificadas como prioritárias por possuírem impacto na drenagem urbana.
47.16
Implantação das intervenções do Programa de Redução de Alagamentos (PRA), destinado a obras de microdrenagem onde identificados pontos recorrentes de alagamento.
47.2
Elaborar projetos de obras prioritárias de controle de cheias, garantindo a continuidade das ações de drenagem.
47.6
Aperfeiçoar o sistema de alerta a enchentes do município com a implantação de modelos de previsão de inundação em tempo real.
47.17
Reavaliação do sistema de drenagem da Bacia do Córrego Anhangabaú.