projeto 43

Construção ou reforma de Unidades Habitacionais para locação social

Eixo Desenvolvimento Urbano E Meio Ambiente

Construção ou reforma de Unidades Habitacionais para locação social.

Situação atual

Os estudos acerca do déficit habitacional quantitativo no município de São Paulo, que demanda a construção de novas Unidades Habitacionais - UHs, indicam a necessidade de provisão de cerca de 370 mil novas UHs, parte das quais se referem à substituição de moradias que não podem ser consolidadas (ver anexo 2 do PL 6192016 - PMH). Vale destacar a existência de cerca de 30 mil famílias que recebem auxílio aluguel como prioridade para atendimento habitacional. Este programa de locação social busca ampliar o atendimento habitacional de interesse social para famílias que não têm possibilidade de aquisição de unidade habitacional e não têm acesso a financiamento, através da oferta de moradia em áreas bem localizadas com valor de aluguel subsidiado, promovendo a necessária diversidade às estratégias da política pública municipal de habitação de interesse social.

Resultados esperados

Contribuir para a melhoria das condições da habitação de interesse social no Município de São Paulo, através da construção ou reforma de 1.000 Unidades Habitacionais de locação social, a partir da modelagem de um projeto piloto, dando prioridade a imóveis vazios ou subutilizados localizados em áreas infraestruturadas localizados preferencialmente na região central da cidade.

Orçamento

Recursos próprios Outros recursos
Investimento 0 0
Custeio 0 0

Linha de ação

43.1
Construir ou reformar 1.000 Unidades Habitacionais de locação social para atendimento de famílias com renda até 3 salários mínimos para ampliar as formas de acesso à moradia e à cidade, por meio da criação e gestão de parque imobiliário locatício que propicie alternativa para a redução do déficit habitacional.